QUEM É ESCOLHIDO PELO MERCADO DE TRABALHO EM RADIOLOGIA?

Aluisio Firmino de Oliveira

Os dias atuais têm nos mostrado a real necessidade de um profissional qualificado, e este profissional qualificado não é só um profissional que cursou nível superior ou técnico, o bom profissional é atualizado e busca novos conhecimentos a cada dia, e assim ele é inserido no mercado de trabalho hoje muito disputado.

Existe uma multidisciplinaridade na Radiologia. Temos profissionais de nível Superior e de nível Médio. Os Técnicos em radiologia, que são habilitados a atuar no Raios-X e que com um curso de especialização podem atuar em outras áreas de diagnóstico por imagem.

Os Tecnólogos em Radiologia, que possuem um amplo conhecimento sobre métodos de imagem e podem atuar em quase todas as áreas da radiologia sem a necessidade de especialização, pois é habilitado para isto desde o momento em que se forma. Apesar deste profissional não precisar da especialização para atuar, conhecimento sempre é válido. Além de poder fazer Pós-graduação, Mestrado e Doutorado. O tecnólogo já é um profissional Regulamentado e será incluído ao CBO (Classificação Brasileira de Ocupação) em Janeiro de 2011. Podem atuar na área Médica, Veterinária, Odontológica, Industrial e Engenharia.

Temos a presença dos Biomédicos, que atuam na radiologia de forma polêmica, o curso de Biomedicina não é um curso voltado para Radiologia. O Biomédico atua geralmente em RMN devido à carência de profissionais com conhecimento profundo que a RMN exige. O Conselho de Biomédicos foi criado em um momento que ainda não existia o Conselho de Técnicos em Radiologia, existe uma luta judicial em que permite que apenas pessoas que cursaram radiologia poderão atuar na área.

E ainda que poucos, existem técnicos em informática, técnicos em eletrônica e biólogos que atuam principalmente na RMN. Claro que sem respaldo jurídico e passivo de multa, pois não existem Norma e Regulamentação que autorize tal atuação.

O mercado passa por uma grande transformação e nesta transformação o profissional Tecnólogo tem ganhado destaque por ter uma formação que agrega conhecimento e quando falamos em Radiologia, falamos de um profissional competente e de amplo conhecimento.

A tecnologia não regride, portanto devemos estar aptos para desenvolver nossas funções acompanhando o desenvolvimento tecnológico.  Afinal, um mau exame gera um mau laudo que gera transtornos que podem acabar em processos judiciais e até em morte por uma patologia ou dano não diagnosticado.

É muito importante que o profissional da Radiologia seja conhecedor das Normas e Regulamento ligados a sua profissão. Pois ainda que não pareça, serão muito úteis em seu dia a dia além de ser diferencial, lembre-se que para fazer exame existem muitas pessoas, é bom que se tenha conhecimento teórico e prático, na mesma medida.  O profissional escolhido é o profissional dedicado.

Empresas de RH afirmam que uma boa porcentagem das suas chances de contratação vem do seu relacionamento interpessoal, então não se esqueça de investir nos relacionamentos. O chamado bajulador não tem vez, seja verdadeiro.

 

Aluisio Firmino de Oliveira é Tecnólogo em Radiologia do HSVP – Hospital São Vicente de Paulo
contato: aluisiopiza@yahoo.com.br

 

Site Elaborado por: Marcelo Ortiz Ficel